Admirável mundo novo

by Rubiana Souza 18. dezembro 2017 04:32

Em um mundo em que as pessoas não podem ser elas mesmas, quando alguém não segue a regra, ela pode ser vista no mínimo como estranha.

Bernard se sente diferente dos demais. Lenina percebe essa estranheza nele. Exemplo: nesse período as pessoas tomam uma espécie de droga que as deixa mais soltas, mas não é algo ilegal, ao contrário, diferente é não querer usar. Bernard é um deles.

Não existe pai e mãe como conhecemos, mas sim pessoas que a ciência criou. As pessoas escutam gravações desde sempre com as mesmas repetições condicionando-as a fazerem o que precisam. Escravidão. Existe a Aldeia, que seria o mundo como nos conhecemos, com suas regras e civilidades, mas que para a maioria é um lugar de loucura. É tudo invertido nesse livro. O diretor Ford é o grande líder mas um grande segredo vai colocar em perigo seu reinado.

Conclusão: 3 estrelas (bom, razoável)

O livro mostra a diferença entre uma vida "perfeita" onde as pessoas não pensam por si e não tem liberdade mas nem se apercebem disso, e uma vida tradicional como a conhecemos hoje com livre arbítrio e suas consequências. Eu acho que eu não fui feita pra livros clássicos, de nome, porque ou eu não entendo nada ou eu demoro tanto na leitura que se torna ruim. Independente de ser bom ou ruim, nunca desisto de um livro. Se eu começar é pra ir até o fim. Foi assim com esse.

Tags: , , , ,

Admirável mundo novo


Objetivo do Blog

Alguns podem pensar que esse é um site pra quem não quer ler os livros aqui descritos. Bem, a decisão de se você irá lê-los ou não é sua, claro. A minha intenção é justamente aguçar a vontade do leitor, fazer ele ficar tão desejoso de saber mais que acabe lendo. Quero também expor minha opinião, críticas e saber o que vocês pensam a respeito do que estão lendo. Que essa seja mais uma ferramenta  para os apaixonados por livros como eu! Boa diversão para nós!

Sobre mim

Facebook

Conecte-se comigo

Aumente seu vocabulário (palavras tiradas dos livros postados)

"Niilista = que não crê em nada"
Eu, você e a garota que vai morrer

Frases Marcantes

"
Os psicopatas não vão ao trabalho, vão a caça.
"
Mentes Perigosas - o inimigo mora ao lado

Livros

http://www.google.com/analytics/