Manias Literárias

by Rubiana Souza 13. maio 2015 20:05

Sempre vejo alguns leitores falando de suas manias com relação aos livros e me identifiquei com algumas, por isso achei que seria legal compartlhar algumas das minhas "maluquices"com vocês.

  1. Antes de começar a leitura vejo quantas páginas o livro tem e determino onde é o meio .
  2. Conto as páginas de cada capítulo antes de ler cada um deles.
  3. Leio a última frase do livro, mas isso eu estou me policiando para não fazer a fim de não "estragar" a história.
  4. Vejo o ano do livro. O ano da publicação, da impressão...
  5. Inevitavelmente penso em como seria um filme do livro que estou lendo. Isso é automático.

Sei de muitos leitores que tem outras manias como; só ler ouvindo música, sempre ter uma xícara de chá ou café por perto, usar marca texto ou post-it para marcar as frases que mais gostou, ler mais de um livro ao mesmo tempo, enfim...Até que eu tenho poucas e talvez eu tenha outras que ainda irei descobrir. E vocês? Se identificaram com alguma? Comentem aqui as manias de vocês.

Tags: , , , , , ,

Psicologia

Livro "Eu que amo tanto" de Marília Gabriela

by Rubiana Souza 25. novembro 2014 15:00

Confesso que nunca tinha visto esse livro da Marília Gabriela e que só vim saber da existência dele porque assisti a adaptação que fizeram pra uma série dentro do fantástico. Pra quem ainda não viu, são várias histórias (na tv a cada domingo eles apresentam uma) de mulheres que fazem loucura por amor, ou por aquilo que elas acham que seja o amor ou chamam de amor. Cada coisa que acontece lá que você acha que só tem em filme, novela, mas nunca na vida real. Fui atrás do livro e vi que são histórias reais de 14 mulheres que se tratam no MADA, grupo de apoio às mulheres que amam demais, mulheres comuns, que você talvez se identifique com uma ou outra, mas que no quesito amor precisaram de uma luz no fim do túnel.O livro é de leitura rápida, poucas páginas (no digital, que eu li, foram 85 páginas) e gostoso de ler. Fica a sugestão.

Tags: , , , , ,

Psicologia

Frases de Augusto Cury

by Rubiana Souza 31. julho 2014 22:00

Livro: Ansiedade - como enfrentar o mal do século


Pra aqueles que gostam de frases que fazem pensar, esse post decidi fazer depois que li o livro do escritor e psicoterapeuta Augusto Cury. O livro ao qual me refiro é “Ansiedade - como enfrentar o mal do século”. Preferi não fazer um resumo desse livro pois vi que, apesar de achá- lo bem interessante, também achei muito papo cabeça pra minha cabeça rsrsrs. De qualquer forma, espero que gostem das frases que separei.


“ Mas toda mente é um cofre; não existem mentes impenetráveis, e sim chaves erradas”. 


“ Somos tão complexos, que quando não temos problemas, nós os criamos”.


“ Não há céu sem tempestade”.


“ Todos somos célebres cineastas em nossa mente, ainda que alguns sejam especialistas em produzir filmes de terror”.


“...mais de 10 milhões de pessoas tentam o suicídio por ano e 1 milhão, infelizmente, consegue”.


“ Mais de 90% das nossas preocupações sobre o futuro não se materializarão. E os outros 10% ocorrerão de maneira diferente da que desenhamos”.


“ Técnica do D C D ( duvidar, criticar e decidir )”.


“ Mas quem vence sem crises e acidentes vence sem glória”.


“ Só os amigos nos traem; os inimigos nos decepcionam”.

Tags: , , , ,

Psicologia


Objetivo do Blog

Alguns podem pensar que esse é um site pra quem não quer ler os livros aqui descritos. Bem, a decisão de se você irá lê-los ou não é sua, claro. A minha intenção é justamente aguçar a vontade do leitor, fazer ele ficar tão desejoso de saber mais que acabe lendo. Quero também expor minha opinião, críticas e saber o que vocês pensam a respeito do que estão lendo. Que essa seja mais uma ferramenta  para os apaixonados por livros como eu! Boa diversão para nós!

Sobre mim

Facebook

Conecte-se comigo

Aumente seu vocabulário (palavras tiradas dos livros postados)

"Tarbuche = pequeno chapéu de feltro ou pano normalmente usada por Turcos e Gregos."
Cleo - A história de uma gata...

Frases Marcantes

"
Toda pessoa deveria ser aplaudida de pé pelo menos uma vez na vida, porque todos nós vencemos o mundo.
"
Extraordinário

Livros

http://www.google.com/analytics/